Apologética Católica

Oração do Zé


Em uma pequena cidade do interior do Brasil, vivia um velhinho chamado José, ou melhor Zé. O Zé era uma pessoa pobre, de poucos pertences e poucos afazeres. Só existia uma coisa que o Zé não deixava de fazer : Todos os dias exatamente ao meio dia, ele chegava na Igreja da cidade, se dirigia até o altar, ajoelhava-se olhava para a imagem de Cristo e depois ia embora.

O sacristão preocupado com a quantidade de bens valiosos que existia dentro da Igreja sempre ficava observando aquele ritual. Pensava que o Zé estava tentando adquirir algo da Igreja. Certo dia, o sacristão interrompeu o Zé quando saía da Igreja e perguntou : "Zé, o que você vem fazer na Igreja todos os dias no mesmo horário?". O Zé respondeu "Ué, venho rezar!".

O sacristão já não entendendia nada. E indagou : "Como pode estar orando se você somente se ajoelha e vai embora da Igreja logo em seguida?". O Zé com um grande sorriso no rosto falou "Eu não sei ler, nem escrever. Não conheço as orações que vocês conhecem e muito menos sei falar as palavras bonitas que falam. Eu somente chego em frente do altar olho para Ele e digo : Jesus, aqui é o Zé!".

E assim se passava os dias naquela cidadezinha até que pela primeira vez o Zé não apareceu na Igreja. E no dia seguinte também não. Depois de quase uma semana, o sacristão preocupado com Zé, foi atrás de notícias dele. Descobriu que ele tinha sofrido um acidente : foi atropelado. E estava no hospital em recuperação.

Resolveu fazer então uma visita ao Zé. Logo que chegou ao hospital uma enfermeira lhe contou : "O Zé está muito bem! O impressionante é que desde que ele chegou todos estão mais felizes e se recuperando melhor!". O sacristão foi então falar com o Zé e perguntou : "Zé, o que você fez para motivar todos aqui?". "Eu não fiz nada, é a visita que eu recebo.", disse o Zé.

O sacristão sabia que o Zé não tinha amigos, familiares ou pessoas que preocupassem com ele, mas ainda perguntou : "Mas Zé, que visita é essa?". Com um grande sorriso no rosto ele respondeu : "Todos os dias exatamente ao meio dia, Jesus chega bem perto da minha cama e diz : Zé, aqui é o Jesus!."

Crie um site gratuito com o Yola.