Apologética Católica

 Súplicas que os fiéis podem utilizar privadamente no combate contra os poderes das trevas


Orações


          A) Senhor, meu Deus, compadecei-Vos de mim, vosso servo, porque são muitos os que me perseguem e tornei-me como um objeto abandonado. Livrai-me das mãos dos inimigos e socorrei-me: buscai quem anda perdido; encontrando-o, recuperai-o para Vós; depois de recuperado, não o abandoneis; e assim eu possa agradar-Vos em todas as coisas, a Vós por quem reconheço ter sido resgatado com admirável poder. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

          Amém.

         B)Deus omnipotente, que reunis em vossa casa os abandonados e reconduzis os encarcerados à felicidade, vede a minha aflição e vinde em meu auxílio; vencei o crudelíssimo inimigo, de modo que, superando a presença do adversário, encontre seguro descanso em verdadeira liberdade e, recuperando a tranquila piedade, professe alegremente o vosso poder admirável, em favor do vosso povo. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

        Amém.

        C) Deus, criador e protetor do gênero humano, que formastes o homem à vossa imagem e o renovastes pela graça do Batismo, olhai para mim, vosso servo, e atendei as minhas súplicas. Brilhe em meu coração o esplendor da vossa glória, para que, superando todo o temor, medo e terror, possa louvar-Vos, de coração e espírito sereno, juntamente com os irmãos na vossa Igreja. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

        Amém.

      D) Deus, fonte de toda a bondade e misericórdia, que, por nosso amor, quisestes que o vosso Filho sofresse o patíbulo da cruz, para nos livrar do poder do inimigo, olhai benignamente para a minha humilhação e tormento. Vós que me fizestes renascer na fonte do Baptismo, vencendo as incursões do Maligno, aumentai em mim a graça da vossa bênção. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

       Amém.

      E) Deus, Pai santo, que, pela graça da adoção filial, me tornastes filho da luz, concedei que não seja envolvido pelas trevas do demônio, mas permaneça sempre no esplendor da liberdade que recebi no renascimento batismal. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

       Amém.

Invocações à Santíssima Trindade Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

      A) Só a Deus honra e glória. Bendigamos o Pai e o Filho e o Espírito Santo. Louvemo-l’O e exaltemo-l’O para sempre. Nós Vos invocamos, nós Vos louvamos, nós Vos adoramos, ó Santíssima Trindade. Sois a nossa esperança, a nossa salvação, a nossa glória, ó Santíssima Trindade. Livrai-me, salvai-me, vivificai-me, ó Santíssima Trindade. Santo, Santo, Santo, Senhor Deus omnipotente, o Deus que era, que é e que há-de vir. A Vós a honra e o império, ó Santíssima Trindade; a Vós a glória e o poder pelos séculos dos séculos. Louvor, glória e ação de graças  a Vós, ó Santíssima Trindade. Deus santo, Santo e forte, Santo e imortal, tende piedade de nós.

  Invocação a Nosso Senhor Jesus Cristo Jesus, Filho de Deus vivo.

      A) Jesus, imagem de Deus Pai, tende piedade de mim. Jesus, Sabedoria eterna, tende piedade de mim. Jesus, esplendor da luz eterna, tende piedade de mim. Jesus, Palavra da vida, tende piedade de mim. Jesus, Filho da Virgem Maria, tende piedade de mim. Jesus, Deus e homem, tende piedade de mim. Jesus, sumo Sacerdote, tende piedade de mim. Jesus, mensageiro do reino de Deus, tende piedade de mim. Jesus, caminho, verdade e vida, tende piedade de mim. Jesus, pão da vida, tende piedade de mim. Jesus, videira verdadeira, tende piedade de mim. Jesus, irmão dos pobres, tende piedade de mim. Jesus, amigo dos pecadores, tende piedade de mim. Jesus, médico da alma e do corpo, tende piedade de mim. Jesus, salvação dos oprimidos, tende piedade de mim. Jesus, consolação dos abandonados, tende piedade de mim. Vós que viestes ao mundo, tende piedade de mim. Vós que libertastes os oprimidos pelo diabo, tende piedade de mim. Vós que estivestes pregado na cruz, tende piedade de mim. Vós que por nosso amor aceitastes a morte, tende piedade de mim. Vós que estivestes depositado no sepulcro, tende piedade de mim. Vós que descestes à morada dos mortos, tende piedade de mim. Vós que ressuscitastes de entre os mortos, tende piedade de mim. Vós que subistes ao Céu, tende piedade de mim. Vós que enviastes o Espírito Santo sobre os Apóstolos, tende piedade de mim. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de mim. Vós que haveis de vir para julgar os vivos e os mortos, tende piedade de mim.

       B) Pela vossa encarnação, livrai-me, Senhor. Pelo vosso nascimento, livrai-me, Senhor. Pelo vosso batismo e santo jejum, livrai-me, Senhor. Pela vossa cruz e paixão, livrai-me, Senhor. Pela vossa morte e sepultura, livrai-me, Senhor. Pela vossa santa ressurreição, livrai-me, Senhor. Pela vossa admirável ascensão, livrai-me, Senhor. Pela efusão do Espírito Santo, livrai-me, Senhor. Pela vossa vinda gloriosa, livrai-me, Senhor.

       C) Ao nomear a cruz, o fiel pode oportunamente benzer-se. Salvai-me, Jesus Cristo, salvador do mundo, pelo poder da santa Cruz: Vós que salvastes Pedro no mar, tende piedade de mim. Pelo sinal da santa Cruz, livrai-nos dos nossos inimigos, Senhor, nosso Deus. Pela vossa santa Cruz salvai-nos, Jesus Cristo, redentor do mundo, Vós que, morrendo, destruístes a morte e ressuscitando restaurastes a vida. Adoramos, Senhor, a vossa santa Cruz, recordamos a vossa gloriosa paixão; Vós que por nós morrestes, tende piedade de nós. Nós Vos adoramos e bendizemos, Senhor Jesus Cristo, que pela vossa santa Cruz remistes o mundo.

       D) Lembrai-Vos, ó piíssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que têm recorrido à vossa proteção, implorado a vossa assistência e reclamado o vosso socorro fosse por Vós desamparado. Animado eu, pois, de igual confiança, a Vós, ó Virgem entre todas singular, como a mãe recorro, de vós me valho; e, gemendo sob o peso dos meus pecados, me prostro a vossos pés. Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado, mas dignai-Vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo.

 

Invocações à Virgem Santa Maria

        À vossa proteção nos acolhemos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades; mas livrai-nos de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Consoladora dos aflitos, rogai por nós. Auxílio dos cristãos, rogai por nós. Ensinai-me a louvar-Vos, Virgem sagrada, dai-me força e poder contra os meus inimigos. Minha Mãe, minha confiança. Virgem Maria, Mãe de Deus, rogai a Jesus por mim. Gloriosa Rainha do mundo, sempre Virgem Maria, intercedei pela nossa paz e salvação, Vós que destes à luz Jesus Cristo,  Senhor e Salvador do mundo. Maria, Mãe da divina graça, Mãe de misericórdia, defendei-nos do inimigo e recebei-nos na hora da morte. Socorrei-me, ó piedosa Virgem Maria, em todas as minhas tribulações, angústias e necessidades, e alcançai-me do vosso amado Filho a libertação de todos os males e dos perigos da alma e do corpo.


Invocação a S. Miguel Arcanjo

      São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate; sede o nosso auxílio contra a malícia e ciladas do demônio. Instante e humildemente pedimos que Deus exerça sobre ele o seu império. E Vós, Príncipe da milícia celeste, com a graça do poder divino, lançai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos, que vagueiam pelo mundo para a perdição das almas.

        Amém.

Ladainha

        Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós. São Miguel, rogai por nós. São Gabriel, rogai por nós. São Rafael, rogai por nós. Santos Anjos da Guarda, rogai por nós. São João Baptista, rogai por nós. São José, rogai por nós. São Pedro, rogai por nós. São Paulo, rogai por nós. São João, rogai por nós. Todos os santos Apóstolos, rogai por nós. Santa Maria Madalena, rogai por nós. (Podem acrescentar-se os nomes de outros Santos e Beatos) De todo o mal, livrai-nos, Senhor.  De todo o pecado, livrai-nos, Senhor. Das insídias do diabo, livrai-nos, Senhor. Da morte eterna, livrai-nos, Senhor. Jesus Cristo, ouvi-nos (ou -me). Jesus Cristo, atendei-nos (ou -me)


  Fonte: Celebração dos exorcismos -  Conferência Episcopal -  Ritual Romano - Reformado por Decreto do Concílio  Ecumênico                                          Vaticano II e promulgado por autoridade de sua Santidade o Papa João Paulo II 

Jaime Francisco é criador deste site. É Apologista Católico, Historiador, Estudioso da Igreja Primitiva e das doutrinas protestantes no Brasil e na América Latina. Publicou 03 obras em defesa da Fé Católica: "As diferenças entre Igreja Católica e Igrejas Protestantes" " Porque estes Protestantes tornaram - se Católicos" e " Lavagem Cerebral e Hipnose no meio Protestante" Maiores informações sobre os livros: www.respostascatolicas.webnode.com.br   Nestes últimos anos tem estudado profundamente sobre Psicologia e fenômenos  relacionados à demônologia.

Crie um site gratuito com o Yola.