Apologética Católica


Explicando os Milagres em Lourdes (França)

Por Jaime Francisco de Moura



             Em Lourdes estudam-se com seriedade as curas que não se explicam pelas leis naturais conhecidas. Existe lá uma equipe de médicos conhecida como Comissão Médica de Lourdes. Quando acontece uma cura considerada extraordinária, o doente curado é apresentado a essa comissão e é examinado por diversos médicos. É aberto, então, um dossiê referente ao caso. Os médicos vão determinar principalmente dois pontos importantes:

               Se a cura aconteceu de fato;

               Se a cura é inexplicável pela ciência Médica

               Se o caso não passar por essa primeira triagem, o dossiê é arquivado. Se passar, o processo continua e a pessoa curada deve retornar à Comissão Médica após um ano, para novos exames e confirmação da cura.

              Se pelo menos dois terços dos médicos da Comissão Médica julgarem que a cura de fato aconteceu e que não é explicável pela medicina, o dossiê é enviado para a instância médica superior, o Comitê Médico Internacional de Lourdes (CMIL), com sede em Paris. O CMIL é composto por médicos de diferentes modalidades da medicina. Seus membros, Católicos ou Protestantes, ou de qualquer outra religião e até mesmo ateus, reúnem-se uma vez por ano em Paris.

              Munidos, então, do relatório da Comissão Médica de Lourdes, os médicos do CMIL fazem um novo exame completo do caso de cura, agora em nível internacional. Esse novo exame costuma durar por vários anos. Terminado o estudo. É feita a votação na reunião anual da CMIL em Paris.

               Se pelo menos dois terços dos médicos da CMIL forem da opinião de que a cura é de fato inexplicável pela ciência médica conhecida, o dossiê é encaminhado para o Bispo da diocese à qual pertence a pessoa curada. O Bispo organiza, então, a Comissão Canônica, composta por alguns médicos. E cabe ao Bispo, depois de ouvir o parecer dessa Comissão, proclamar ou não o caráter miraculoso da cura.

 

Fonte: Deus no século XXI “Augusto Pasquoto” - Editora Santuário 

Jaime Francisco é criador deste site. É Apologista Católico, Historiador, Estudioso da Igreja Primitiva e das doutrinas protestantes no Brasil e na América Latina. Publicou 03 obras em defesa da Fé Católica: "As diferenças entre Igreja Católica e Igrejas Protestantes" " Porque estes Protestantes tornaram - se Católicos" e " Lavagem Cerebral e Hipnose no meio Protestante" Maiores informações sobre os livros: www.respostascatolicas.webnode.com.br   Nestes últimos anos tem estudado profundamente sobre Psicologia e fenômenos  relacionados à demônologia. 

Crie um site gratuito com o Yola.