Apologética Católica

 

No Paraná, houve mais um caso de quebra de imagens de igreja

 

A Polícia Civil de Telêmaco Borga (PR) prendeu na segunda-feira (25) a evangélica Marisa de Souza Neris (foto), 40, sob a acusação de ter destruído imagens da igreja matriz. A cidade tem 70 mil habitantes e fica a 249 km de Curitiba, a capital do Estado. 

Marisa quebrou quatro imagens, entre elas a de Nossa Senhora de Fátima, a padroeira da cidade.

Policiais afirmaram que a mulher justificou o ato com a necessidade de acabar com “aquelas coisas do demônio”. Ainda segundo eles, Marisa aparentava ter transtornos mentais. Ela vai responder à Justiça por dano qualificado e crime contra o sentimento religioso.

Os evangélicos se opõem à idolatria dos católicos, sobretudo à de Nossa Senhora.

Nos últimos meses, tem aumentado no país o número de casos de destruição de imagens.

Em referência a um deles, dom Anuar Battisti, arcebispo metropolitano de Maringá (Paraná), disse que os fiéis não têm culpa “pelo fato histórico de ser o povo brasileiro majoritariamente católico” e, consequentemente, de “a cultura estar impregnada de símbolos da nossa fé”.


Fonte: http://www.paulopes.com.br/2009/05/casos-de-fanatismo-religioso.html

Crie um site gratuito com o Yola.