Apologética Católica

Fanatismo Religioso

Em Cuba, 60 evangélicos se trancam em templo à espera do fim do mundo

 


Em Havana (Cuba), o pastor Braulio Herrera Tito, da Assembleia de Deus, e mais de 60 seguidores se trancaram em um templo à espera do tsunami que -- acreditam -- vai destruir o mundo nos próximos dias. Eles crêem que Jesus vai salvá-los, levando-os para o céu.  

O clima é tenso. Autoridades temem que ocorra um suicídio em massa e tentam negociar com o pastor a liberação dos fiéis. Entre eles, há 19 crianças e quatro mulheres grávidas que deixaram de receber acompanhamento médico.

William Herrera, filho do pastor, disse a um jornalista por telefone que “não há nada para negociar”.

Nesses 23 dias, os evangélicos passam o tempo todo orando. A polícia cercou o local para afastar curiosos, jornalistas e parentes dos evangélicos. Entre os policiais, há atiradores de elite. 

A blogueira Yoani Sanchez escreveu na sexta-feira no Twitter que sigue tensa situacion alrededor da la iglesia. Ela informou que os evangélicos estavam se alimentando de pizza. 

Hector Hunter, presidente da Assembleia de Deus em Cuba, disse que Braulio foi afastado de suas atividades em 2010 por “razões internas” e que a sua expulsão já tinha sido decidida antes dele trancafiar os fiéis.

De acordo com a CBS News, um dirigente da AD teme que ocorra algo parecido com o que houve em Waco. Em 1993, nessa cidade do Texas (EUA), o fanático religioso David Koresh, sitiado por agentes do FBI, incendiou o prédio onde ele e seguidores estavam. Morreram mais de 60 pessoas, incluindo crianças e mulheres grávidas.

Fonte: (http://www.paulopes.com.br/2009/05/casos-de-fanatismo-religioso.html)



Crie um site gratuito com o Yola.